Dieta para emagrecer, implementada de forma responsável, com o objectivo de perder peso e atingir o peso ideal. Dieta para emagrecer de modo rápido, saudável, dieta da sopa, tudo o que diz respeito às formas de perder peso. Tentamos compilar aqui todas as informações relevantes.


sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Dieta de emagrecimento

10 Dicas para Dietas de Emagrecimento

1. Não pense só em perder peso
Mais importante que perder peso, é perder gordura. Para já, é expectável que note um ligeiro aumento de peso com o exercício, porque, ao trabalhar os músculos, está a criar massa magra, e esta é mais pesada que a gordura. No entanto, essa massa magra consome mais energia e por isso ajuda-a a perder gordura de forma sustentada. Além disso, o foco deve estar no facto de estar a comer melhor, de forma mais saudável, e a fazer exercício – tenha a certeza que isso faz a diferença para o resto da sua vida!

2. Coma com mais frequência
O nosso metabolismo é a forma e velocidade com que queimamos gordura para produzir energia. Há vários factores que influenciam a aceleração do metabolismo – comer com mais frequência é um deles! Ao comer um snack (uma peça de fruta, um iogurte magro, dois triângulos de queijo light, ou dois quadrados de choclate preto – 70 a 76% de cacau) de 2 em 2 horas, está a dizer ao seu organismo “não armazenes nada, porque está sempre a entrar comida”, e por isso ele vai acelerar o ritmo a que queima as suas reservas!

3. Corte no açúcar
O açúcar provoca picos de insulina no sangue a que o nosso corpo responde com… fome! Por isso, tente substituir o açúcar por adoçante sempre que possível. O do café e chá também conta! E já agora – se conseguir substituir o café e chá preto por chá verde… é que este ajuda a queimar gordura!

4. Coma mais proteínas
As proteínas têm as mesmas calorias que os hidratos de carbono (4kcal por grama), mas ao contrário destes, não são armazenados em reservas de gordura quando não são utilizadas. Além disso, as proteínas são a matéria-prima da construção da massa magra que, como já falámos, consome mais energia. Ao consumi-las e fazendo exercício, está a optimizar a transformação da massa gorda em massa magra e por isso promove a perda de gordura de vária formas!

5. Escolha as melhores gorduras
A verdade é que não podemos viver sem gordura – é essencial ao funcionamento do nosso organismo. Assim, e já que eliminar completamente a gordura não é uma opção, escolha aquelas que não são prejudiciais: os ácidos gordos do peixe contêm ómega 3 e ajudam a eliminar o colesterol, enquanto mantêm o organismo a funcionar como um relógio!

6. Só mais um bocadinho…
Tente não ingerir comida nos 45 minutos que se seguem ao seu exercício – nessa fase, o seu organismo vai estar sedento de energia e vai repor o que tirou das reservas tão cedo quanto possível. Na realidade, isto não é assim tão difícil – se pensar bem, é basicamente o tempo de tomar banho, vestir e secar o cabelo… ok – e mais uns minutinhos, se for muito despachada!

7. Seja regular com o seu exercício
Fazer uma sessão de duas horas de exercício é fantástico… mas só se for para fazer isso 3 vezes por semana! É que ter esses repentes de fitness só dizem ao seu corpo “tens que estar sempre preparado para uma explosão!”, por isso ele vai armazenar gordura de acordo com isso! É melhor dividir essas duas horas em várias sessões de meia hora, para que o seu corpo perceba que é aquele o seu ritmo e não vai mudar. E meia hora é canja: são 15 minutos de caminha vigorosa… e voltar para trás!

8. Evite ter fome
Eu sei – mais fácil de dizer que de fazer, não é? Mas é verdade que não devemos sentarmo-nos à mesa cheios de fome – vamos empanturrarmo-nos ou torturarmo-nos! Então, se vê que a hora de almoço ainda vem longe, ingira um dos snacks indicados acima – assim, vai ter menos forme quando finalmente se sentar à mesa e não vai comprometer a sua dieta!

9. Corte nas calorias
Hoje em dia, quase todos os alimentos têm uma versão light! Por isso, quando for comprar as coisas que gosta, olhe para os rótulos e escolha não apenas pelas calorias, mas também pelo teor de gordura e açúcar. Duma forma geral, opte pelos alimentos que têm menos que 5% de gordura e 6,5% de açúcar.

10. Meça os seus progressos
Só continuamos a fazer aquilo que vemos que vale a pena, certo? Então, escolha um dia da semana para o seu reality check – pela manhã, meça o seu peso e o perímetro da sua cintura, anca e coxas. Não espere milagres, até porque uma perda de peso ideal deverá rondar 0.5kg a 1kg por semana, e não mais que isso. Use sempre a mesma balança e fita métrica, e aponte no mesmo papel, para que possa ir vendo como está a conseguir lindamente atingir os seus objectivos!
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL