Dieta para emagrecer, implementada de forma responsável, com o objectivo de perder peso e atingir o peso ideal. Dieta para emagrecer de modo rápido, saudável, dieta da sopa, tudo o que diz respeito às formas de perder peso. Tentamos compilar aqui todas as informações relevantes.


quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Dieta hipocalórica e exercicio no obeso

Mesmo havendo consenso na literatura sobre os fatores de risco associados ao sobrepeso e à obesidade, ainda se discute muito sobre o melhor tratamento, já que a maioria deles falha na manutenção da perda de peso em longo prazo. Os frequentes insucessos na manutenção da perda de peso e a realização de dietas consecutivas, levando ao conhecido efeito “iô-iô”, têm um potencial efeito negativo para a saúde. A associação de exercício físico aos programas de emagrecimento, além de outros benefícios, tem se mostrado bastante eficaz na manutenção do peso corporal em médio e longo prazos. Em determinados casos, a inclusão de tratamento medicamentoso pode ser necessária no tratamento da obesidade.
Mesmo nestes casos, para se obter sucesso no tratamento é necessária a associação de dieta hipocalórica e exercício físico.
Em conjunto, uma dieta hipocalórica e baixa em gorduras, associada ao exercício físico regular, constitui a base do tratamento para diminuição dos riscos de doenças cardiovasculares em indivíduos obesos.

Alguns estudos têm demonstrado o efeito da dieta e do exercício isoladamente ou combinados sobre a perda de peso corporal. Há consenso na literatura sobre o efeito da dieta na redução do peso corporal, entretanto, a inclusão de exercícios nem sempre resulta numa perda adicional de peso.
A dieta hipocalórica produz um equilíbrio energético negativo expressivo, com efetiva redução do peso corporal12, enquanto o exercício físico adiciona um déficit calórico sinérgico, potencializando a redução do peso corporal. O exercício produz gasto de energia através do efeito direto no nível metabólico. Entretanto, este nível é pequeno em relação ao balanço energético. Um aumento no gasto energético através do exercício, sem o aumento correspondente no consumo energético, pode reduzir o peso corporal.
No entanto, qualquer perda de peso alcançada com exercício físico moderado pode ser facilmente revertida por pequeno aumento compensatório no consumo de alimentos. Na maioria dos estudos, o treinamento físico provoca gasto calórico adicional pouco expressivo na redução do peso corporal em indivíduos obesos sob orientação dietética hipocalórica. Não podemos esquecer, no entanto, que pessoas que se mantêm ativas ao longo da vida têm menores chances de se tornarem obesas, têm melhor distribuição corporal, com menores depósitos de gordura intra-abdominal.
Outro aspecto de interesse é o papel do exercício no reganho de peso, após programas de emagrecimento.
Nesse sentido, o exercício físico regular têm se mostrado extremamente eficiente. A manutenção de peso corporal após um período de dieta hipocalórica é mais efetivamente alcançado com o treinamento físico.

Sabe quais as dietas mais populares? Conheça-as:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL